Camarões com Bulgur

March 19, 2019
Receitas

Se não aterraste hoje aqui no blog, já sabes que gosto de comer de forma saudável mas que tenha algum sabor! Este é um dos pilares para que consigamos manter uma alimentação saudável ao longo do tempo: gostarmos daquilo que comemos. Pois se não gostarmos, como iremos manter a consistência necessária?

Outro pilar de uma alimentação equilibrada é a variedade. Claro que por muito saboroso que seja, frango todos os dias é um pouco (muito!) enjoativo! Assim, deves variar as tuas fontes proteicas, para evitar não só monotonia de sabor como de nutrientes, evitando assim défices nutricionais. Por muito saudável que frango e bróculos seja, fornecem sempre os mesmos nutrientes. Assim, para uma saúde de ferro é preciso variar!

Mas os camarões podem fazer parte de uma alimentação equilibrada?

Sim! A verdade é que anos de dietas restritivas deixaram vincados mitos e medos que não têm fundamento. A consequência disso é uma clara perda de variedade por medo de incluir alimentos que pensam ser prejudiciais. O camarão é um alimento rico em proteína e pobre em gorduras, que confere um sabor interessante aos pratos de massa, arroz de marisco ou que é usado por si só como entrada. Vejamos os valores para 100g de camarões crus (fonte: Instituto de Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge):

Valor energético: 77kcal
Gordura: 0,6g
das quais saturadas: 0,1g
Hidratos de carbono: 0,3g
dos quais açúcares: 0g
Proteína: 17,6g
Colesterol: 154mg

O único valor com o qual devemos ter alguma precaução, será a quantidade de colesterol, especialmente em pessoas que já o tenham elevado. No entanto, não é razão para alarme, contando que não iremos ingerir camarões todos os dias da nossa vida! É por isso uma fonte proteica interessante, pelo seu sabor e por marcar a diferença na alimentação e nos poder proporcionar uma marmita diferente. Além disso, fora o trabalho que dão a descascar, são bastante rápidos de cozinhar!

Bulgur

Já conheces este cereal? O bulgur é um cereal rico, produzido a partir do grão de trigo inteiro, mais comummente o trigo duro, quando este começa a germinar. É muito utilizado no Médio Oriente e Norte de África, nos mais diversos pratos.

O que se destaca neste cereal é a sua riqueza em fibra e em proteína, tendo em conta que não deixa de ser fonte de hidratos de carbono por excelência, sendo também rico em ferro, magnésio e vitamina B3.

Mas e a receita?

Entretanto já estão a salivar e nada de receita, não é? Então vamos a isso:

Ingredientes:
- camarões previamente cozidos
- feijão manteiga (usei de conserva em vidro, lavando bem antes de usar)
- bulgur
- bróculos cortados em floretes
- azeite qb
- 2 colheres de sopa molho de soja --> procura que não tenha açúcar nos ingredientes!
- 1 colher de chá rasa de mel
- cebola liofilizada
- alho em pó

1) Na wook saltear levemente as floretes dos bróculos e acrescentar um pouco de água (só mesmo um pouco), tapando e deixando em lume brando para amolecerem. Enquanto isso cozer o bulgur.
2) Quando os bróculos ficarem tenros, adicionar o camarão, o molho de soja, o mel, a cebola e o alho e misturar bem, deixando apurar.
3) Adicionar o bulgur e o feijão manteiga e envolver bem, deixando apurar um pouco.

Et voillá! Têm a vossa marmita pronta! É bastante rápido se comprarem o camarão já cozido, devendo ter atenção à quantidade de sal que possam ter adicionado.

Tânia Carreira

Nesta página vou partilhar consigo a paixão que me move: uma alimentação saudável, prática e sem complicações. Vai encontrar aqui conselhos e dicas úteis, receitas e informação sobre diversos temas da nutrição. O objectivo é só um: desmistificar a alimentação, descomplicar e inspirar a mudança!

Artigos Relacionados