Preparar a semana: porquê?

January 18, 2018
Bem-Estar

"Falhar em preparar-se é preparar-se para falhar" - Benjamim Franklin

É cada vez mais comum vermos pessoas que preparam as suas refeições da semana inteira e as acondicionam logo em caixas individuais. Será essa a melhor solução? Porquê? De facto preparar a sua semana pode ser muito útil e simplifica em muito a sua vida, bem como a adesão a uma alimentação mais equilibrada. E eis as razões para isso!

1) Poupe tempo!
Adiantar ao máximo as suas refeições nas folgas ou fim de semana, faz com que seja muito mais rápido aquecer ou acabar de as preparar quando chega a casa ao fim de um dia de trabalho. Isso não só lhe poupa tempo (precioso!) como evita que a preguiça leve a melhor e consiga convencer que "é melhor comer antes umas torradas".
Se levar marmita à hora de almoço, pode preparar logo a contar com os almoços, evitando dessa forma andar ao final do dia em busca de ideias e tempo para as aplicar.

2) Poupe dinheiro!
Pois é, ao preparar a sua semana, pensando exactamente nos pratos que quer fazer, evita compras desnecessárias ou em demasia. Outra estratégia para minimizar as compras é apostar em receitas diferentes com ingredientes em comum.

3) Trabalhe para o seu objectivo!
Organizar as refeições da semana permite-lhe pensá-las rumo ao seu objectivo, bem como ajuda a manter-se fiel ao que definiu, pois como já tem a refeição preparada,não faz sentido ir cozinhar algo fora do objectivo e desperdiçar o que tem no frigorífico. Além de que o facto de não ter de se preocupar, mesmo nos dias mais cansativos, com aquilo que vai fazer para jantar, ajuda a que consiga manter o foco e sentir que está a controlar a sua alimentação.

Se lhe custa organizar uma ementa para a semana, pode começar por preparar os primeiros dias e depois, durante a semana, pensar nos restantes. E como rentabilizar?

1) Planeie as receitas que quer fazer, e faça uma lista de compras orientada. Como já referi, facilita se escolher receitas que utilizem ingredientes semelhantes ou que se possam adaptar a isso.
2) Comece pelas coisas que demoram mais tempo ou que podem ficar a cozinhar sem vigilância permanente. Comece pela sopa, que pode ficar a cozer enquanto prepara o resto das refeições e, de seguida alimentos que sejam confeccionados no forno.
3) Acondicione logo em caixas prontas a levar, ficando logo orientado para vários dias, é só abrir o frigorífico e tirar.

Quanto mais preparar, menor será a probabilidade de acabar por fazer asneira por se encontrar sem alternativas e sem tempo! Claro que se tiver tempo, outra opção poderá ser estabelecer uma ementa e depois, durante a semana, ir fazendo ao jantar para contar com o almoço.

Tânia Carreira

Nesta página vou partilhar consigo a paixão que me move: uma alimentação saudável, prática e sem complicações. Vai encontrar aqui conselhos e dicas úteis, receitas e informação sobre diversos temas da nutrição. O objectivo é só um: desmistificar a alimentação, descomplicar e inspirar a mudança!

Artigos Relacionados